Translate

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

conversa de semabrigos

- Aquela senhora que ali vai… meu amor estás a ver quem ela é?
- Aquela que anda sempre de roupas novas e de joias verdadeiras?
- Sim, essa mesma, tenho tanta pena dela…
- Porque haverias tu de ter pela dela? Ela é que devia ter pena de nós… Não temos um teto onde dormir todas as noites e esta noite nem jantar temos!
- Lá nisso tens razão, mas não estás a ver o outro lado, só estás a ver os bens materiais. Pois nos temo-nos um ao outro para nos aquecermos nas noites frias e para partilharmos a vida; Ela não tem amigos, só tem gente falsa à sua volta e nem o marido a ama… Nós sempre temos alguma coisa de verdade, temo-nos um ao outro…

- Então deixa a pobre desgraçada que temos de procurar um bom sítio para ficarmos está noite, pois parece que vai chover e bastante.

sábado, 27 de setembro de 2014

- Amo-te desde aqui até à lua!
- Só!?
- Ainda achas pouco? Então faz o caminho a pé!
- Isso é impossível!
- Vês? É impossível eu amar-te mais do que já te amo! 

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Atualidade Nazi

O penteado que todos os jovens da fotografia possuem era a grande moda entre mocidade hitleriana. Será moralmente correto os jovens de hoje em dia exibirem um penteado que marcou uma fase tão negra da história mundial? Fica a dica ;)

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

“O fogo explode na minha mente. Eu ardo nos meus sonhos, mas que quero é ver os outros arder…
Estas escamas, que eu controlo, sobrevoaram os céus. E tudo o que um dia eu conheci será destruído, tal como destruíram tudo o que um dia amei. Não terei misericórdia com quem se riu das minhas lágrimas.
Vou vingar a morte de que me amou…”
Carolina

(Este é um excerto do livro que estou a escrever, alguém curioso?)